Arquitetura ou Design Gráfico: qual é o melhor curso?

arquitetura ou design gráfico

Teste Vocacional Rápido

Não é raro encontrar universitários que tenham dúvidas na hora de iniciar a graduação. Afinal, estamos falando de uma decisão importante e que impactará a sua vida por muitos anos. E, entre esses questionamentos, há quem fique indeciso ao escolher entre o curso de Arquitetura ou Design Gráfico

Nesses momentos, várias questões começam a surgir. “Será que esse é o caminho certo?”, ou, então, “Qual profissão me dará mais lucros?”. Caso você tenha se identificado com o cenário, não se sinta sozinho! Por serem opções teoricamente parecidas e que envolvem a criatividade, esse tipo de situação ocorre frequentemente. 

Mas, para te ajudar a seguir o melhor caminho, resolvemos vir até aqui e mostrar as principais características de cada alternativa e as suas vantagens no mercado de trabalho. Acompanhe para descobrir e dar start em sua trajetória!

Há diferença entre Arquitetura e Design Gráfico?

Há alguns anos, os cursos de Arquitetura e Design Gráfico eram indicados para aqueles estudantes talentosos em desenho. 

Ou seja, para ingressar nessas carreiras, era preciso, ao menos, ter uma certa habilidade em criar figuras ilustrativas — seja por meio do tradicional “papel e caneta”, seja com a ajuda de softwares específicos. No entanto, na prática, a criatividade presente no universo da arquitetura é bem diferente daquela encontrada no design gráfico. 

Normalmente, os projetos arquitetônicos têm como objetivo erguer estruturas físicas, tanto para melhorar uma construção já pronta quanto para dar vida a um planejamento “do zero”. E, como você deve imaginar, para conseguir bons — e seguros — resultados, o arquiteto deve contar não somente com um amplo conhecimento em desenho, mas, também, em física, matemática e até história. 

O design gráfico, por sua vez, é uma ocupação voltada para a comunicação visual. Ao longo de sua carreira, esse profissional trabalhará com materiais impressos, websites, aplicativos, vídeos e até animações. Aliás, uma de suas funções mais conhecidas é a possibilidade de criar a identidade visual de marcas, atuar em peso no marketing digital e melhorar o relacionamento entre as empresas e os seus consumidores.

Como a Arquitetura e o Design Gráfico se assemelham?

Felizmente, esses cursos apresentam vários pontos semelhantes e que podem ser experimentados pelos alunos que pretendem ingressar na graduação de Arquitetura ou Design Gráfico. Abaixo, veja quais são eles.

Identidade visual 

Sem dúvida, um dos pontos de destaque entre ambos os cursos está na criação de uma identidade visual — com foco em edifícios. Explicamos: muitas construções por aí podem ser reconhecidas de acordo com os contornos de suas estruturas. 

Dessa forma, os arquitetos mais atualizados estarão sempre em busca de criar projetos diferenciados, capazes de se destacar no mercado e fazer com que os seus serviços fiquem famosos, carregando “a sua marca”.

Os designers gráficos, por outro lado, inspiram-se justamente nessas obras, com a finalidade de criar trabalhos únicos, inteligentes e que, por trás, tenham uma ótima “história para contar”.

Projetos

Hoje em dia, e graças ao avanço da internet, o conceito de arquitetura digital está em evidência. Logo, a identidade visual também possui um papel importante nessa mudança, uma vez que ajudará o arquiteto a desenvolver apresentações impecáveis para os seus projetos — sempre com base em seu público-alvo, estilo e referências. 

Diante disso, o designer gráfico pode ajudar esse profissional na produção desses materiais, deixando-os visualmente atrativos e adaptados para o marketing e a comunicação. Fora isso, ainda há a possibilidade de auxiliar o arquiteto na divulgação e na publicidade — a partir do desenvolvimento de brindes, folders e até materiais de cunho audiovisual.

Como é o curso de Arquitetura e Urbanismo?

O famoso curso de Arquitetura e Urbanismo é considerado um Bacharelado e apresenta cinco anos de duração. A boa notícia? Essa opção pode ser oferecida nas modalidades presencial ou semipresencial. 

Durante os semestres, os estudantes têm a chance de se aprofundar em temas importantes para a sua formação. Entre eles, destacamos: 

  • eletricidade; 
  • hidráulica; 
  • engenharia estrutural; 
  • materiais e técnicas de construção; 
  • planejamento urbanístico; 
  • história da arte; 
  • arquitetura brasileira;
  • linguagem visual etc. 

E não só isso! Boa parte das atividades são focadas na prática. Em outras palavras, no dia a dia do futuro profissional. Dessa forma, será possível estar sempre por dentro de projetos atrativos e prontos para te proporcionar uma formação “de primeira”. 

Como é o curso de Design Gráfico?

Agora que você já sabe o que faz um profissional de arquitetura na faculdade, vamos entender o que é design gráfico. De modo geral, essa graduação é encontrada em duas modalidades acadêmicas: o tradicional bacharelado, que apresenta duração de quatro anos; e o tecnólogo, em que o estudante consegue concluir os estudos em dois anos. 

As duas opções podem ser cursadas presencial, semipresencial ou 100% online. Ao longo da formação, o aluno entrará em contato com conceitos, principais técnicas e equipamentos para o desenvolvimento dos mais variados projetos visuais. Das matérias que fazem parte da graduação design gráfico, estão: 

  • design de embalagens; 
  • comunicação e marketing; 
  • história da arte; 
  • imagem digital; 
  • editoração eletrônica; 
  • tipografia etc.

Como é a atuação desses profissionais?

Durante a sua pesquisa, é possível que você se pergunte: “Quanto custa uma faculdade de Arquitetura?”, “E a de Design Gráfico?”. Entretanto, antes de se apegar a esse detalhe, será preciso observar outras questões ainda mais relevantes. 

Entender como é a atuação desses profissionais no mercado de trabalho, por exemplo, é um passo superimportante. A partir disso, é necessário ter em mente que, a cada dia, a competitividade, em ambos os setores, está mais acirrada. 

Logo, a melhor saída é procurar meios de se destacar. Isso pode ser feito ao escolher uma boa universidade para se formar, cursos complementares e, até mesmo, participar de estágios prontos para ampliar a sua experiência. 

E mais! No momento, a faixa salarial de um bom arquiteto formado gira em torno de R$ 5.000*. Já a de um designer está entre R$ 4.300*.

E aí, já escolheu sua carreira?

Por essas e outras, toda atenção é pouca. No decorrer de sua busca, prefira as faculdades certificadas pelo Ministério da Educação (MEC), que contem com um corpo docente qualificado e ofereçam um excelente atendimento ao aluno. Esses detalhes serão extremamente valiosos e farão muita diferença em seu desenvolvimento profissional.

E aí, após essa leitura você já se decidiu entre Arquitetura ou Design Gráfico? Esperamos que sim! Aproveite para baixar gratuitamente este e-book sobre como se organizar para começar a faculdade dos seus sonhos: “Guia prático: organize suas finanças e pague sua faculdade!“.

*Sujeito a alterações

O que você achou disso?

Clique nas estrelas

Média da classificação 5 / 5. Número de votos: 1

Nenhum voto até agora! Seja o primeiro a avaliar este post.

Lamentamos que este post não tenha sido útil para você!

Vamos melhorar este post!

Diga-nos, como podemos melhorar este post?

Dê mais um passo na direção da carreira dos seus sonhos !

Assine nossa Newsletter e receba nossos artigos em primeira mão!

Email registrado com sucesso
Opa! E-mail inválido, verifique se o e-mail está correto.