Descubra 9 possibilidades de áreas da Nutrição para atuar 🍽

áreas da nutrição

Quem opta por ser um nutricionista e cursar a graduação acaba com um ótimo leque de oportunidades, já que as áreas da Nutrição vêm aumentando com as novas demandas da população. Um exemplo é o fato de que o Brasil conta com altas taxas de obesidade.

De acordo com a Associação Brasileira para o Estudo da Obesidade e da Síndrome Metabólica (Abeso), 50% da população está acima do peso, seja na faixa de sobrepeso ou de obesidade. Assim, muitas pessoas optam pela cirurgia bariátrica, que pede um conjunto de profissionais, incluindo nutricionistas, para a recuperação pós-cirúrgica e conscientização alimentar.

Outra questão é número de veganos, ou seja, pessoas que não comem nem usam nada de origem animal também tem crescido, fazendo com que a indústria e os profissionais da Nutrição repensem cardápios e a composição de produtos alimentícios.

Há, ainda, as áreas da Nutrição mais tradicionais, como a Nutrição Clínica e Hospitalar, para que os profissionais possam atuar. Então, se sua dúvida é: “vai ter muito campo para eu atuar?”, a resposta certeira é: vai, sim! E a Pitágoras mostra a seguir todas as possibilidades — preparado para ver qual delas tem mais a ver com você?

Quais são as áreas da Nutrição em que os profissionais podem atuar?

Como dissemos, são muitas! Confira algumas delas, a seguir:

  • Nutrição Esportiva;
  • Nutrição Hospitalar;
  • Nutrição Clínica;
  • Nutrição Bariátrica;
  • Nutrição Vegana;
  • Nutrição Escolar;
  • Indústria de Alimentos;
  • Marketing de Alimentos;
  • Educação.

Na lista abaixo, nós trazemos mais detalhes para você entender o que faz um nutricionista em cada uma dessas áreas. Dessa forma, fica mais simples compreender suas possibilidades na carreira.

1. Nutrição esportiva

Todo atleta não depende apenas de seu talento e concentração para vencer campeonatos e conquistar primeiros lugares. Além de muito treino e dedicação, cada esporte precisa de um nutricionista que ajuda a prescrever uma dieta mais acertada — seja para os dias de treino, antes de jogos e apresentações ou mesmo enquanto se recuperam de lesões ou estão no período de férias.

Um nutricionista da área esportiva pode cuidar de atletas individuais ou de todo um time e o trabalho desse profissional é muito estratégico. Além das dietas, é preciso ter atenção quanto à indicação de suplementos alimentares e ficar de olho nas novidades da área para oferecer aos atletas o que há de melhor no mercado.

2. Nutrição hospitalar

Essa é uma das áreas da Nutrição que se dedica ao acompanhamento dos hábitos e das necessidades alimentares de pacientes em um hospital. Na maior parte do tempo, esse profissional integra uma equipe multidisciplinar.

Então, para que seja desenvolvido um cardápio ideal, é fundamental considerar as restrições que os médicos e outros profissionais prescrevem — seja uma dieta mais leve ou apenas baseada em líquidos, de acordo com o estado do paciente. Também é fundamental levar em conta os gostos do paciente para que o momento seja mais agradável.

Por exemplo, trazer refeições ricas em vitaminas e ferro para reverter quadros de desnutrição, cuidar para que o cardápio tenha baixos índices de sódio, quando se cuida de pacientes hipertensos etc.

Um dos maiores desafio do nutricionista da área hospitalar é preservar o sabor da comida. Assim, os pacientes não perdem o prazer de se alimentar e podem se recuperar mais rapidamente de suas enfermidades, tendo uma qualidade de vida melhor.

3. Nutrição clínica

Inúmeros alunos que optam pelo curso de Nutrição geralmente já conhecem essa área — ou, em alguns casos, só conhecem esse campo de atuação, que é supertradicional.

O fato é que, em diversos momentos da vida, as pessoas vão passar por uma consulta com o nutricionista. Além de buscar perder peso em vários momentos, é comum, por exemplo:

  • pais que buscam um cardápio que ajude no desenvolvimento de suas crianças;
  • adolescentes com distúrbios alimentares ou que buscam ter uma vida mais saudável;
  • mulheres grávidas ou lactantes que precisam repensar o cardápio;
  • idosos que necessitam de suplementos alimentares para evitar doenças como a osteoporose.

Cabe aos nutricionistas clínicos pensar em dietas que combinem com o dia a dia e gostos dessas pessoas, evite possíveis condições e também receitar suplementos alimentares.

4. Nutrição bariátrica

Uma cirurgia bariátrica tem um pós-operatório complexo, em que as dietas precisam ser seguidas à risca. Uma vez que os recém-operados passam a comer quantidades bem menores de alimentos, o papel de um nutricionista é essencial para dosar as refeições de modo que os pacientes não sofram com anemia ou desnutrição.

Cabe aos profissionais também dar suporte, fazendo acompanhamento nutricional nas fases pré e pós cirúrgica. Isso porque a relação dessas pessoas com a comida tende a mudar de forma drástica.

5. Nutrição vegana

Simplesmente deixar de comer carne e alimentos de origem animal, como leite, derivados e ovos, pode impactar na saúde, inclusive causando anemias e deficit de proteínas. Por isso, os nutricionistas dedicados ao veganismo trazem opções para que as decisões alimentares do paciente não interfiram em sua saúde. Os profissionais também podem atuar na indústria alimentar.

6. Nutrição escolar

Toda escola que conta com uma cantina precisa de um profissional que elabore cardápios e avalie como as escolhas têm sido aceitas pelos alunos. Nesse sentido, a instituição tem papel fundamental na educação nutricional de crianças e jovens. Sem contar que alunos com pouca condição financeira dependem muito das refeições que são oferecidas pelas escolas públicas.

7. Indústria de alimentos

Basta dar uma passeada pelo supermercado que você se depara com uma enorme quantidade de novos alimentos: orgânicos, integrais, vegetarianos, veganos, zero lactose, glúten free, light, diet…

Para elaborar tudo isso, o nutricionista é muito requisitado na indústria alimentícia. Além de criar e elaborar novos produtos, essa é uma das especialidades da Nutrição que faz testes e presta consultoria às empresas do ramo.

8. Marketing de alimentos

Novos produtos não passam simplesmente pela criação da Indústria de Alimentos. Muitas vezes, a elaboração começa no Marketing de Alimentos, a partir de pesquisas e investigações para preencher lacunas do mercado.

Esse profissional da Nutrição faz suas entregas com base no trio formado por qualidade, ética e praticidade. Também deve estar apto a alinhar tendências que, às vezes, refletem em muitos outros bens de consumo.

9. Docência

Quem é que vai ensinar todas as matérias de Nutrição? Professores com especializações, mestrado ou doutorado! Por isso, a docência também é uma parte fundamental das atividades de um nutricionista. Além de dar aulas, esses especialistas podem trabalhar em projetos de pesquisas.

Como você viu, as áreas da Nutrição são variadas e permitem modalidades bem distintas de trabalho. Para se dar bem em qualquer uma delas, opte por cursos de graduação com grades curriculares que olhem, de fato, para as necessidades do mercado. Assim, a busca por emprego também vira um caminho mais fácil de ser percorrido.

Falando em facilidade, o canal Conecta representa essa ponte tão desejada entre os estudos e a inserção no mercado de trabalho. E sabe o que é melhor? Ele está disponível para os alunos da Pitágoras! Então, adicione o link em seus favoritos e não deixe de pesquisar, combinado?

Gostou de saber sobre todas as áreas da Nutrição? Muitas possibilidades incríveis, né? Então, fale com a Pitágoras para começar logo sua graduação!

O que você achou disso?

Clique nas estrelas

Média da classificação 4 / 5. Número de votos: 12

Nenhum voto até agora! Seja o primeiro a avaliar este post.

Lamentamos que este post não tenha sido útil para você!

Vamos melhorar este post!

Diga-nos, como podemos melhorar este post?

Dê mais um passo na direção da carreira dos seus sonhos !

Assine nossa Newsletter e receba nossos artigos em primeira mão!

Email registrado com sucesso
Opa! E-mail inválido, verifique se o e-mail está correto.

Fale o que você pensa

O seu endereço de e-mail não será publicado.