Qual é a área da Biologia que estuda os animais?

estudante de biologia

Você é apaixonado pela natureza e por todas as suas formas de vida? Tem vontade de transformar essa paixão numa carreira, mas não sabe como chegar lá? Calma, temos uma excelente notícia pra você: existe uma área da Biologia que estuda os animais e suas interações com o meio ambiente com foco total!

É exatamente isso! Na faculdade de Ciências Biológicas, você tem contato com as inúmeras esferas do conhecimento que se dedicam a investigar e a compreender de que forma insetos, aranhas, peixes, anfíbios, mamíferos e demais organismos se adaptam às condições bióticas e abióticas do planeta. Ainda pode se especializar e atuar em projetos de conservação da biodiversidade e de manejo de fauna.

Opa! Você ainda não sabe o que são as Ciências Biológicas? Então, continue por aqui. Além de falar sobre a área da Biologia que estuda os animais, a gente vai mostrar a infinidade de possibilidades profissionais que o curso oferece. Boa leitura!

Quais são as áreas da Biologia?

A Biologia é uma das áreas contempladas pelas Ciências da Natureza — campo do conhecimento que pesquisa os fenômenos naturais e os processos que tornam o mundo o que ele é. A Física, a Química e até a Matemática fazem parte dessa ciência também.

Mas enquanto a Química estuda as propriedades, a constituição e as transformações da matéria (seus átomos, partículas e moléculas), a Biologia fica com os seres vivos e a sua interação com o meio ambiente em que vivem.

E quando a gente fala em “seres vivos”, é sobre todos mesmo: desde organismos unicelulares até os mamíferos altamente especializados em alterar o meio, como os seres humanos.

Só que, além de compreender as características que definem os grupos, cada Reino (das bactérias, dos protozoários, dos fungos, das plantas e dos animais) pode ser estudado de acordo com um viés — o que torna a Biologia uma área bem ampla. Você sabia que consegue aprender sobre os felinos da América do Sul sob a perspectiva da Ecologia, mas também desenvolver pesquisas em Genética a respeito deles?

Isso vale pra todos os organismos. É por essa razão que as Ciências Biológicas são divididas em áreas menores. Afinal, seria impossível ter conhecimento sobre todos os aspectos que envolvem as inúmeras formas de vida na Terra, mesmo com formação acadêmica.

As principais áreas da Biologia são:

  • Biologia Celular — estuda as células, sua estrutura, composição e metabolismo;
  • Embriologia — pesquisa o desenvolvimento embrionário;
  • Histologia — estuda os tecidos dos organismos;
  • Anatomia — compreende as estruturas corporais;
  • Microbiologia — investiga os microrganismos, como bactérias, vírus e protozoários;
  • Fisiologia — estuda o funcionamento dos organismos;
  • Botânica — pesquisa tudo que envolve o universo das plantas;
  • Genética — investiga os processos e as leis que comandam a hereditariedade e a variação de características;
  • Ecologia — pesquisa os ecossistemas e de que maneira os seres vivos interagem com o meio ambiente;
  • Zoologia — área da Biologia que estuda os animais. Justamente a que você queria?

Qual é a área da Biologia que estuda os animais?

Como você acabou de descobrir, a área da Biologia que estuda os animais é chamada de Zoologia. A palavra é formada pela junção dos termos gregos zoon (que significa “animal”) e logos (que é “estudo”). Esse campo se dedica à estrutura, ao desenvolvimento, à evolução, à classificação e ao comportamento das diferentes espécies animais.

Assim como a Biologia é dividida em esferas do conhecimento, cada uma dessas áreas também tem suas subdivisões. Então, a Zoologia se reparte nos seguintes exemplos:

  • Entomologia — estuda os insetos;
  • Carcinologia — estuda os crustáceos;
  • Helmintologia — estuda os platelmintos e os nematelmintos;
  • Ictiologia — estuda os peixes;
  • Herpetologia — estuda os répteis e os anfíbios;
  • Ornitologia — estuda as aves;
  • Mastozoologia — estuda os mamíferos.

Alguns desses campos ainda têm nomes mais específicos. Por exemplo, dentro da Entomologia, a Mirmecologia é a ciência que estuda as formigas. Na Mastozoologia, a Primatologia é a responsável pelos primatas. Bacana, né? Isso é só pra você ter uma ideia da amplitude de possibilidades de atuação na faculdade de Ciências Biológicas.

Como estudar sobre essa área?

Se você achava que só a Medicina Veterinária se dedicava ao estudo dos animais, deve estar bem animado agora, né? Pra ter contato com as áreas que a gente citou (e muitas outras não mencionadas aqui), é preciso fazer o curso de Ciências Biológicas.

Durante a graduação, você vai ter uma grade curricular diversa, com disciplinas voltadas especificamente pra Zoologia. Aqui na Pitágoras, existe uma matéria geral sobre a área no início do curso e, no decorrer dos semestres, disciplinas mais direcionadas, como Zoologia de Invertebrados e Zoologia de Vertebrados.

Ainda assim, os 4 anos de faculdade são pouco pra tratar cada grupo animal na sua totalidade, ou seja, as disciplinas vão ter uma abordagem mais ampla mesmo. A especificidade de cada grupo é alcançada nos estágios realizados ao longo do curso e, claro, nas especializações seguintes.

Depois de formado, você pode, por exemplo, fazer uma pós-graduação em Biologia Animal, focando as espécies de seu interesse, no viés que escolheu. Vamos supor que goste muito de insetos, mais especificamente de coleópteros.

Mas o que você quer entender sobre os besouros? Se gostar da ideia de descrever novas espécies e a evolução do grupo e das suas características, tudo indica que vai se dar bem na área de Taxonomia e Sistemática de Coleópteros. Agora, caso queira saber mais sobre o papel do besouro rola-bosta na ciclagem de nutrientes do ambiente em que ele habita, talvez deva procurar o setor de Ecologia.

Essa é a beleza desse campo de estudos — tudo está interligado. Vale destacar que tanto o Bacharelado quanto o curso de Ciências Biológicas ênfase Licenciatura formam profissionais capazes de atuar na pesquisa acadêmica e na consultoria, com conhecimentos sólidos sobre os animais.

A diferença é que o curso de Licenciatura tem formação pedagógica, qualificando os profissionais pra trabalharem dentro da sala de aula no ensino fundamental e médio. Aqui na Pitágoras, a vantagem dessa ênfase é que ela é oferecida na modalidade de ensino semipresencial — o que é uma baita oportunidade pra quem precisa de mais flexibilidade no horário da faculdade.

Você ainda tem benefícios exclusivos com a gente, e um deles é o Canal Conecta. Já pensou conseguir estágio fácil e até sair da faculdade com um emprego certo? Isso é possível, graças a essa parceria da Pitágoras, que te aproxima de boas oportunidades no mercado de trabalho nas Ciências Biológicas.

Quais são as áreas de atuação do profissional formado?

Com a biodiversidade que os animais têm e a variedade de áreas de estudo que se pode investir, você já deve imaginar o leque de oportunidades no mercado de trabalho para o recém-formado em Ciências Biológicas, né? O zoólogo bacharel é capaz de se dedicar pra carreira acadêmica e ser pesquisador em institutos públicos e privados. Aí, desenvolve estudos diversos, projetos de educação ambiental e conservação de espécies.

Também pode trabalhar como consultor, fazendo levantamento e resgate de fauna e elaborando estudos e relatórios de impacto ambiental (EIA-RIMA). Tem afinidade com a Biologia Marinha? Ainda tem esse mercado pra atuar!

A média salarial pra formados em Biologia no país é de R$ 3.289,71*, com possibilidades de aumento de acordo com a experiência profissional, o nível de especialização e a região de atuação. Lembre de que o licenciado pode trabalhar nos mesmos campos que o bacharel. Mas tem mais uma carta na manga: ser professor do ensino básico e do ensino médio.

Agora você já sabe qual é a área da Biologia que estuda os animais e (quase) todas as possibilidades de carreira que pode seguir. Independentemente do grupo animal pelo qual seja fascinado, uma coisa é certa: nunca vai se cansar de se surpreender com a natureza ao cursar Ciências Biológicas!

Já está mais que decidido? Então, pra que perder mais tempo? Faça sua inscrição no vestibular e seja um aluno Pitágoras!

*Sujeito a alterações

O que você achou disso?

Clique nas estrelas

Média da classificação 3.3 / 5. Número de votos: 3

Nenhum voto até agora! Seja o primeiro a avaliar este post.

Lamentamos que este post não tenha sido útil para você!

Vamos melhorar este post!

Diga-nos, como podemos melhorar este post?

pep

Dê mais um passo na direção da carreira dos seus sonhos !

Assine nossa Newsletter e receba nossos artigos em primeira mão!

Email registrado com sucesso
Opa! E-mail inválido, verifique se o e-mail está correto.

Fale o que você pensa

O seu endereço de e-mail não será publicado.