Conheça tudo sobre a área de Análise e Desenvolvimento de Sistemas!

estudante e analista de sistemas

Teste vocacional rápido

Um ponto extremamente importante para qualquer estudante de nível superior é saber tudo sobre a área que ele pretende atuar no futuro. Isso também é muito válido para quem pensa em estudar Análise e Desenvolvimento de Sistemas. Afinal, essas informações servem para descobrir em quais setores poderá trabalhar, como é o mercado de trabalho e ainda qual é a média salarial. 

Pensando nisso, nós preparamos o artigo a seguir para te mostrar tudo que você precisa saber sobre a área de Análise de Sistemas e ainda trouxemos informações sobre como é esse curso e quais especializações o formado nele pode fazer. Confira!

Como é o curso de Análise e Desenvolvimento de Sistemas?

O curso de Análise e Desenvolvimento de Sistemas é estruturado para preparar o estudante para atuar em todas as atividades dessa área. Por isso, as disciplinas são pensadas para que ele obtenha as habilidades exigidas no dia a dia da profissão. 

Logo, ele verá matérias como interface e usabilidade, redes de computadores, programação web, modelagem de dados, computação em nuvem, linguagem de programação e muitas outras. A duração desse curso é de dois anos e meio, ou cinco semestres, já que ele é de nível tecnológico e, portanto, mais focado na prática. 

Na Pitágoras, é possível encontrá-lo em três modalidades: presencial, semipresencial e EAD. Essa não é uma graduação que exige apresentação de TCC (Trabalho de Conclusão de Curso), mas conta com projetos integrados, espalhados pelos semestres, que contabilizam 500 horas da carga horária total. Fora isso, o estudante também precisa cumprir 75 de atividades complementares. 

Como é a rotina do analista de sistemas?

A rotina de um profissional da área de Análise e Desenvolvimento de Sistemas não é algo fixo, já que ela depende do setor que ele escolheu trabalhar e ainda do cargo que ocupa dentro da empresa ou como profissional autônomo. 

Porém, de maneira geral, o dia a dia do analista de sistemas pode incluir análise, criação de projetos e desenvolvimento dos sistemas de informação. Ele também pode ficar responsável por fazer a manutenção destes e resolver quaisquer problemas que surjam. Por isso, ele precisa ficar a postos para atender os chamados.

Em quais áreas um formado no curso de Análise e Desenvolvimento de Sistemas pode atuar?

Uma das principais vantagens do curso de Análise e Desenvolvimento de Sistemas é que esse profissional pode trabalhar nas mais diversas áreas e são muito requisitados por vários tipos de empresas.

Apenas para exemplificar, alguns dos setores que um analista de sistemas pode atuar são:

  • programação de computadores;
  • desenvolvimento de softwares; 
  • determinação de interface gráfica; 
  • coordenação de redes; 
  • gestão de projetos; 
  • montagem da estrutura dos bancos de dados; 
  • infraestrutura de TI;
  • codificação de programas e muitas outras. 

Todas essas são áreas consideradas de extrema importância para que o trabalho nas empresas seja realizado da maneira esperada, já que tudo está conectado. 

Quais especializações esse profissional pode fazer?

Após graduado, o analista de sistema poderá escolher se especializar, através dos cursos de pós-graduação, na área que mais gosta de atuar. Dessa maneira, ele consegue aumentar a sua relevância no mercado e tende a receber maiores remunerações. 

A boa notícia é que essa é uma área que possui uma vasta gama de especializações disponíveis. Algumas das mais comuns são em DevOps, Desenvolvimento Mobile, Back-end e Web. 

Presencial, 100% EAD ou semipresencial: em qual vou me adaptar melhor?

Fora isso, esses profissionais têm à sua disposição diversas pós-graduações em TI (Tecnologia da Informação), como Data Science, Business Intelligence, Desenvolvimento de Jogos, Segurança da Informação e Inteligência Artificial. 

Como é o mercado de trabalho para o analista de sistemas?

O mercado de trabalho para os formados no Tecnólogo de Análise e Desenvolvimento de Sistemas é bem vasto e está em constante ampliação. Isso porque essa é uma área cada vez necessária, uma vez que a tecnologia está sendo utilizada em inúmeros processos do nosso dia a dia. 

Devido a isso, os profissionais desse ramo podem atuar como prestadores de serviço autônomos, prestando suporte técnico especializado para empresas ou ainda como desenvolvedores e analistas de sistemas. 

Tudo isso em empresas de tecnologia, indústrias, comércio, ensino e pesquisa, startups, empresas de comunicação e até mesmo no setor público. 

Qual é o salário médio de um analista de sistemas?

O salário de um analista de sistemas, no Brasil, segundo um levantamento é de R$ 5.994,91. Esse valor, no entanto, não é fixo e pode variar de acordo com o tempo de experiência profissional, tamanho da empresa em que ele trabalha e até mesmo pela região do país onde ele está alocado. 

Dito isso, confira a seguir as cidades brasileiras com as maiores médias de remuneração para a área!

As cidades com as melhores remunerações são: 

  • São Paulo: R$ 6.642,29
  • Rio de Janeiro: R$ 6.041,70 
  • Distrito Federal: R$ 6.019,29 
  • Paraná: R$ 5.317,27 
  • Rio Grande do Sul: R$ 5.263,27 
  • Minas Gerais: R$ 5.169,62

*Informações tiradas da fonte salario.com.br em 23/01/22. 

O que esperar para o futuro dessa profissão?

Com a tecnologia avançando diariamente a passos largos, os analistas de sistemas serão cada vez mais requisitados e se tornarão relevantes para o futuro do mercado de trabalho. Por isso, é de se esperar que o ramo e consequentemente as oportunidades na área, se expandam nos próximos anos. 

Portanto, essa é a hora certa para tirar o seu sonho do papel e dar o primeiro passo para construir uma carreira de sucesso na área e garantir o seu lugar! 

Quer se tornar um analista de sistemas? Veja como a Pitágoras pode te ajudar!

Sabia que a Pitágoras oferece diversas vantagens para ajudar você a realizar o sonho de estudar Análise e Desenvolvimento de Sistemas? Pois é, apenas nela você tem a oportunidade de se graduar em uma instituição de renome nacional, com professores mais do que qualificados e pagando mensalidades que cabem no bolso. 

A Pitágoras também tem uma grande abrangência de unidades e está presente em diversas cidades brasileiras, sempre com o mesmo prestígio e qualidade de ensino que a faz aparecer na lista das melhores faculdades do Brasil.

Fora isso, os alunos da instituição recebem apoio para ingressar no mercado de trabalho e aproveitam a flexibilidade dos horários de aulas, para conseguirem montar sua própria rotina de estudos. 

Então, não perca tempo e faça hoje mesmo sua inscrição no vestibular e fique um passo mais próximo de alcançar a carreira dos seus sonhos!

O que você achou disso?

Clique nas estrelas

Média da classificação 5 / 5. Número de votos: 3

Nenhum voto até agora! Seja o primeiro a avaliar este post.

Lamentamos que este post não tenha sido útil para você!

Vamos melhorar este post!

Diga-nos, como podemos melhorar este post?

Prouni, FIES, crédito estudantil ou bolsa privada: qual a melhor opção para mim?

Dê mais um passo na direção da carreira dos seus sonhos !

Assine nossa Newsletter e receba nossos artigos em primeira mão!

Email registrado com sucesso
Opa! E-mail inválido, verifique se o e-mail está correto.