O que considerar para decidir entre Administração ou Direito?

administração ou direito

Teste Vocacional Rápido

A escolha da carreira a ser seguida geralmente é feita muito cedo, quando ainda não contamos com toda a experiência necessária para decidir sobre algo que terá reflexos por toda a vida. Mesmo assim, o propósito é acertar, o que fica mais nebuloso quando se tem que escolher entre cursos como Administração ou Direito.

São duas graduações que guardam alguma familiaridade e, não raramente, comunicam-se no dia a dia do profissional que escolhe uma dessas áreas. Todo gestor deve conhecer determinadas regras legais aplicadas ao seu negócio, da mesma forma que a gestão de um escritório ou repartição pública exige conhecimentos administrativos.

Quer saber como você pode chegar à melhor escolha para a sua carreira? Continue a sua leitura e conheça as nossas dicas sobre o que você deve ponderar para escolher uma dessas graduações. Confira!

Como é a graduação de Administração?

Trata-se de um Bacharelado que pode ser concluído em 8 semestres, tempo suficiente para que você adquira conhecimentos abrangentes sobre a área e esteja apto a atuar em empresas, autarquias e órgãos públicos ou mesmo seguir a carreira acadêmica com um mestrado ou doutorado.

Embora seja um curso de humanas, a grade curricular contempla disciplinas como contabilidade e finanças, o que exigirá alguma habilidade com os números. Não é nada que vá deixá-lo desesperado, desde que você entenda a lógica dos cálculos ensinados.

Mas, na maior parte dos 4 anos do curso de Administração, você terá contato com matérias humanistas, a exemplo da Filosofia Ética na Administração, Comunicação Empresarial, Teoria Geral da Administração, Gestão Empreendedora, Gestão de Pessoas na Administração, Marketing Empresarial, Gestão Financeira e Negócios Internacionais.

O que faz o profissional em Administração?

Por meio dos poucos exemplos acima, é possível ter uma noção sobre a amplitude do curso, que dá ao aluno a possibilidade de trabalhar em diversos nichos dentro da estrutura administrativa de uma empresa. Isso significa que sempre teremos postos de trabalhos sendo abertos e demanda por profissionais qualificados. Veja abaixo dois exemplos de carreiras.

Finanças

Como o nome sugere, a função do profissional é administrar os recursos financeiros da empresa, o que é feito por meio do controle dos gastos e lucros obtidos. É um cargo estratégico, com papel central na tomada de decisões, que precisam estar afinadas com o fluxo de caixa do empreendimento.

O conhecimento sobre finanças também habilita o profissional a conseguir cargos no mercado financeiro, com atuação sobre investimentos, projeções e gestão de riscos. Instituições financeiras são boas contratantes e oferecem ótimos salários, com a possibilidade de incrementar os ganhos por meio dos bônus pelos resultados obtidos.

Recursos humanos

Por falar em contratação, o profissional da Administração também pode ocupar cargos relacionados ao recrutamento e gestão de pessoas nas organizações. Essa área dialoga com outras, como a Contabilidade e o Direito do Trabalho, em razão das obrigações que devem ser cumpridas pelos empregadores.

Também exige conhecimentos sobre psicologia e comportamento, para que as melhores cabeças sejam captadas para a empresa contratante. Motivar os funcionários para estimular a produtividade e os resultados também está entre as atribuições do cargo.

Como está o mercado de trabalho?

A economia nacional e mundial passa por ciclos de prosperidade e retração constantemente, sendo que a expectativa para o futuro próximo é de crescimento e novas contratações. De qualquer forma, o profissional de Administração sempre terá o seu espaço nas empresas e também no serviço público, o que aumenta a empregabilidade de quem conclui o curso.

Como é a graduação em Direito?

O curso de Direito é uma formação humanista, sendo que, nos primeiros períodos, o aluno adquire uma bagagem teórica que abrange a Teoria Geral do Estado, Sociologia Jurídica e História do Direito. São disciplinas necessárias para que o estudante adquira uma boa noção sobre os fundamentos e legitimidade do direito e das instituições.

Nos períodos seguintes, são ensinadas disciplinas que contam com um apoio maior da legislação, ou como se diz, do direito positivo, formado pelas normas e regras vigentes em nosso ordenamento jurídico. Há bastante ênfase no Direito Constitucional, que serve como fundamento para as demais leis e regula a atividade estatal, além de estabelecer as garantias individuais da população.

Ao mesmo tempo, você também terá que estudar o Direito Penal, Civil, Administrativo, Tributário, Processual Civil e Penal, entre outras disciplinas. Há uma tendência cada vez maior para a inclusão na grade curricular de matérias como o Direito Digital, que abrange a política de proteção de dados pessoais e outros direitos e bens jurídicos existentes no ambiente virtual.

Nos 4 últimos períodos também serão cursadas disciplinas voltadas à prática, e você terá que participar dos plantões do Núcleo de Prática Jurídica (NPJ). É uma boa oportunidade para aprender mais sobre a elaboração de peças processuais e peticionamento.

Como é a atuação profissional em Direito?

O Bacharelado em Direito habilita o profissional a diversos ofícios, sendo o principal a advocacia. Para isso é necessário ser aprovado no Exame de Ordem e se inscrever na subseção do seu estado. O advogado é o profissional que defende os interesses de seus clientes na esfera extrajudicial e judicial.

Também existem várias carreiras jurídicas cujo ingresso depende da aprovação em concurso público. Além das tradicionais carreiras de Juiz, Promotor de Justiça e Delegado, podemos mencionar as Procuradorias da União, estados e municípios, que abrem concursos no país durante o ano todo.

Como está o mercado de trabalho para o setor do Direito?

O Brasil é um país que tem uma tradição muito forte na formação de juristas, e isso leva a um número bastante alto de profissionais disponíveis no mercado. Para se diferenciar no Direito, o estudante deve se destacar ainda na graduação, com boas notas e estágios em Direito na iniciativa privada.

Mesmo concorrido, o mercado para o Direito oferta muitas vagas que nem sempre contam com pessoas qualificadas o bastante para assumi-las. Por isso, é importante que você invista em uma especialização por meio de uma pós-graduação que te capacite para as áreas do Direito menos concorridas. Também há mercado para quem pretende atuar de forma autônoma.

Como escolher entre Administração ou Direito?

A Administração é uma área mais dinâmica, enquanto o Direito é mais tradicionalista e burocrático. Se você prefere ver seu trabalho ter resultado rapidamente, o Direito talvez não seja o mais indicado. Mas se você busca as carreiras públicas e a estabilidade inerente a elas, não há opção melhor.

Se o Direito não soa tão atraente assim para você, além de gerar muitas oportunidades, tem como passar em Administração no Enem, pois sua nota também pode ser aproveitada nos processos seletivos de faculdades privadas. Poder ser concluído 1 ano antes também é uma vantagem para o curso.

Escolha o curso com o qual você se identifica e venha para a Pitágoras!

Para escolher entre Administração ou Direito, você deve levar em consideração as suas aptidões e aquilo que você se enxerga fazendo no futuro. Mas tenha em mente que ambas as formações geram boas oportunidades e podem levar você ao sucesso profissional e à realização pessoal, desde que você faça por merecer.

Gostou das nossas dicas? Independentemente de sua escolha, você precisa de uma ótima organização financeira para cursar a faculdade. Baixe o nosso e-book e aprenda a organizar as suas finanças!

O que você achou disso?

Clique nas estrelas

Média da classificação 5 / 5. Número de votos: 2

Nenhum voto até agora! Seja o primeiro a avaliar este post.

Lamentamos que este post não tenha sido útil para você!

Vamos melhorar este post!

Diga-nos, como podemos melhorar este post?

Dê mais um passo na direção da carreira dos seus sonhos !

Assine nossa Newsletter e receba nossos artigos em primeira mão!

Email registrado com sucesso
Opa! E-mail inválido, verifique se o e-mail está correto.
Skip to content